Educação e Livros

Sistema Digestório – Resumo Completo de Biologia







O sistema digestório humano é formado por um longo Tubo Digestório e por Glândulas Anexas (glândulas salivares, pâncreas e fígado). A função primária do sistema digestório é o fornecimento de água, íons e nutrientes para o corpo.

Confira hoje no Blog Not1 um Resumo Completo de Biologia sobre o Sistema Digestório, como ele funciona passo a passo e muito mais. Veja e não se esqueça de comentar suas dúvidas e opiniões!

 

Sistema Digestório – Resumo

As funções do sistema digestório (ditas logo acima) relacionam-se com o processo de ingestão e digestão de substâncias orgânicas, seguida pela absorção dos produtos resultantes na digestão e pela eliminação do que não foi aproveitado.

A digestão é de fundamental importância, pois permite que as grandes moléculas do alimento ingerido sejam separadas em suas unidades estruturais, que podem ser absorvidas pela célula. Esse processo envolve fenômenos físicos e químicos.

*Fenômenos Físicos: trituração do alimento em partículas menores e seu transporte ao longo do tubo digestório.

*Fenômenos Químicos: transformação dos alimentos em seus constituintes químicos.

A ação conjunta desses dois processos resulta em uma solução aquosa de moléculas alimentares. A fragmentação mecânica do alimento aumenta sua superfície de contato com os sulcos digestivos que participam da digestão química, e os movimentos do tubo digestório facilitam a mistura do alimento com esses sulcos.

Os sulcos digestivos desse processo contêm enzimas digestivas, produzidas pelas próprias paredes do tubo digestório ou por glândulas especiais associados ao Sistema Digestório.

sistema-digestorio*Digestão Passo a Passo

A digestão, no ser humano inicia-se na Boca, com a Mastigação (processo físico) e a atuação da enzima digestiva contida na saliva (processo químico).

A saliva contém muco (rico em água e proteína mucina, importantes para a lubrificação e o umedecimento dos alimentos) e a enzima ptialina (amilase salivar) que atua sobre o amido, degradando-o em Maltose e Dextrinas.

– A maltose é formada por duas moléculas de glicose e as dextrinas, de três a quatro dessas moléculas. A digestão do amido inicia-se na boca e continua a decorrer no estômago, até que o pH estomacal diminua e inative a amilase salivar.

A parte final da digestão do amido ocorre no intestino delgado, pela ação da amilase pancreática produzida pelo pâncreas e liberada no duodeno, porção inicial do intestino delgado. A ptialina atua na boca, onde o Ph está em torno de 7 (neutro).

*A massa formada pelo alimento mastigado e insalivado é o Bolo Alimentar. Por ação da língua, o bolo alimentar é empurrado para a Faringe, passando em seguida para o Esôfago e deste para o Estômago. Esse processo de passagem do bolo alimentar da boca ao estômago é chamado deglutição, e depende dos movimentos peristálticos da faringe e esôfago. Veja:

1- Quando o alimento está pronto para ser ingerido, a língua faz, voluntariamente a condução para a Faringe.

2- O alimento passa para o esôfago por meio de uma rápida onda Peristáltica da faringe, a laringe, que faz parte do sistema respiratório, é fechada pela ação da glote e da epiglote.

3- O bolo alimentar é conduzido até o estômago pelos movimentos peristálticos do esôfago.

*Quando o alimento chega ao estômago, o esfíncter da cárdia (entre esôfago e estômago) e o esfíncter pilórico (piloro) – entre o estomago e intestino, se fecham. Com isso o alimento é mantido dentro do estômago, onde sofre ação da enzima Pepsina = produzida pela parede estomacal e atua sobre as proteínas, transformando-as em moléculas menores, como as Peptonas!

-sist-digestivo-Glândulas da parede do estômago também produzem HCL (ácido clorídrico) que é o responsável por manter o pH ácido (1,5 e 2,0) = condição necessária para atuação da pepsina. Esse ácido também mata microrganismos ingeridos junto ao Alimento.

No estômago também há a produção de Muco, que protege o órgão contra a ação do suco gástrico, formado por HCL, pepsina e outros…

*Essa transformação que ocorre no estômago denomina-se quimificação: o bolo alimentar transforma-se em outra massa, chamada quimo.

Os movimentos peristálticos do estômago facilitam a atuação do suco gástrico e empurram o quimo para o intestino delgado (aproximadamente 6 metros).

*O intestino delgado é dividido em três regiões: o duodeno (região mais anterior), o jejuno (região mediana) e o Íleo (Região posterior).

No duodeno duas importantes glândulas lançam suas secreções = o fígado e o pâncreas.

Fígado – a maior glândula do corpo humano desempenha várias funções, tais como armazenamento de glicogênio, síntese de ureia a partir de amônia e CO2, degradação de álcool e de outras substâncias tóxicas e degradação da hemoglobina.  Em relação a digestão, o fígado produz Bile, que Não contém enzimas digestivas, mas substâncias  que emulsionam as gorduras, facilitando a ação das enzimas que vão atuar no alimento no interior do duodeno.

A bile fica armazenada na vesícula biliar. A vesícula lança a bile no duodeno por meio do Canal colédoco.

Pâncreas – produz insulina e glucagon, que controlam a glicose do sangue. Em relação a digestão, essa glândula produz bicarbonato e várias enzimas digestivas, comunicando-se com o duodeno por meio do canal pancreático.

O bicarbonato promove aumento de pH nessa região, entre 7 e 8. Já as enzimas que atuam no duodeno são produzidas pelo pâncreas e próprio duodeno.

A transformação final do alimento que ocorre no intestino delgado chama-se quilificação; agora o quimo passa a ser chamado de quilo. Esse contém os produtos finais da digestão além de água e de sais minerais. Ocorre então  o processo de absorção.

*No intestino delgado existem inúmeras vilosidades cuja principal função é aumentar a superfície de contato do intestino e do quilo, favorecendo a absorção. Nessas vilosidades há muitos Capilares Sanguíneos e Linfáticos.

*Capilares Sanguíneos: recebem aminoácidos, glicose, água e sais minerais. Reúnem-se e levam o alimento digerido para o fígado onde é armazenado e ou distribuído para todo corpo via circulação sanguínea.

*Capilares linfáticos: recolhem água, ácidos graxos e glicerol. Tem fundo cego, fechado, e são denominados vasos quilíferos. Eles não passam pelo fígado, lançando seus produtos na circulação.

intestino*Na porção final do íleo há comunicação com a porção inicial do intestino grosso, que é o ceco intestinal. Nessa junção há a Valva ileocecal, cuja função é impedir o retorno do quilo para o íleo.

Associado ao ceco intestinal existe o Apêndice (praticamente não tem função no ser humano adulto). Já o intestino grosso não tem vilosidades. É dividido em cólon ascendente, cólon transverso, cólon descendente e reto.

Na porção terminal do intestino grosso há densa população de bactérias que vivem dos resíduos de alimentos = produzindo Gases e substâncias úteis ao organismo, como vitaminas K e B12.

Logo após a chegada das fezes ao reto, há o estímulo para defecação. As fezes são eliminadas pelo ânus.

**Controle dos processos:

Os processos digestivos são controlados pelo sistema nervoso autônomo e por hormônios.

  1. A insalivação é controlada por impulsos nervosos (quando vemos uma foto de algo gostoso ou apenas pensamos, ficamos com água na boca!).
  2. A digestão no estômago é controlada pelo Sistema nervoso e por hormônios.
  3. A digestão no intestino delgado é regulada principalmente por hormônios.

Gostou do resumo completo sobre Sistema Digestivo? Então tire suas dúvidas conosco!!

Assuntos do Artigo:
  • sistema digestório resumo completo
  • sistema digestório resumo

Comente Via FaceBook

Comentários

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.