Scroll Top

Arte

Semana de Arte Moderna de 1922,Escritores,Músicos e Artista Modernistas







Arte – Not1

Semana de Arte Moderna de 1922,Escritores,Músicos e Artista Modernistas

 

Você gosta de Arte? Então deve saber um pouco mais da Semana de Arte Moderna, que foi um marco da Arte no Brasil. Nela, muitos artistas, músicos e escritores famosos hoje foram rejeitados e ignorados. Vamos ver mais sobre essa história? Confira:

A 29 de Janeiro de 1922, uma nota estampada no Correio Paulistano anunciava a Realização, entre 11 e 18 de fevereiro, de uma Semana de Arte no Teatro Municipal de São Paulo e Rio de Janeiro. De acordo com a notícia, a Semana, organizada por intelectuais das duas cidades, Graça Aranha à frente, tinha por objetivo dar ao público de São Paulo “a perfeita demonstração do que há em nosso meio em escultura, arquitetura, música e literatura sob o ponto de vista rigorosamente atual”.

Como Diversos participantes da Semana ocupavam cargos de destaque na redação de prestigiosos jornais da época, o evento teve desde o início grande divulgação, embora também não faltasse quem se opusesse à sua concretização.

Na notícia do Correio Paulistano, Graça Aranha era apontado como o autor da iniciativa; e é mais provável, porém, que essa prioridade se deva a Di Cavalcanti, acatando uma sugestão de Marinette Prado.

 

Seja quem for o autor da ideia, o objetivo da Semana era renovar o estagnado ambiente artístico e Cultural de SP e do paós e descobrir o Brasil, repensando-o de modo a desvinculá-lo, esteticamente, das amarras que ainda o prendiam a Europa. É verdade que os  jovens participantes da revolução estética de 1922 ainda se sentiam fracos sem a proteção benévola de  Graça Aranha – espécie de avalista de sua seriedade, ou de carro-chefe capaz de impor respeito a setores menos abertos à modernidade.

É verdade também que a Semana descambou para um “tom festivo irreconciliável talvez com o sentido de transformação social que para mim deveria estar no fundo de nossa revolução artística e literária”, como escreveu o próprio Di Cavalcanti. Contudo não menos verdadeiro é o fato de que, tudo somado e medido, a Semana foi um acontecimento cultural de maior significação, e abriu para o país perspectivas que, extrapolando do campo puramente cultural, teriam repercussões inclusive na área política.

(fonte: Livro Arte – História & Produção Brasil)

**Gostou? Interessante não é? Comente aqui no Not1.

Assuntos do Artigo:
  • pintores escritores e musicos mais importantes de 1922

Comente Via FaceBook

Comentários

1 Estrelinha =(2 Estrelinhas3 Estrelinhas4 Estrelinhas5 Estrelinhas =) (1 Votos, Média: 3,00 out of 5)
Loading...

Artigos Relacionados à Semana de Arte Moderna de 1922,Escritores,Músicos e Artista Modernistas!

1 Comentário

  1. ivison disse:

    gostei de mais até fiz uma pesquisa

     

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo: