Governo Federal

Seguro Desemprego Fica Mais Difícil de Receber, Novas regras Governo

Hoje foi anunciado pelos jornais que as regras para receber o seguro desemprego vão  mudar. A nova exigência do governo federal determinou que para ter direito ao seguro-desemprego o brasileiro precisa antes tentar encontrar um trabalho em pelo menos três empresas. Isso  ocorre devido as facilidades que o trabalhador acha quando fica desempregado e aproveita do seguro desemprego para viver alguns meses sem preocupação de procurar novo trabalho.

Muitos trabalhadores  sabendo do seguro desemprego não fazem questão de após o desemprego buscar novas oportunidades de trabalho imediatamente, por contarem com o seguro desemprego. Preferem usufruir dos meses de salários do seguro desemprego.

O Ministério do Trabalho paga de  três a cinco parcelas de acordo com o registro em carteira, o valor mensal vai de

R$ 717,oo  a 1.019,oo. O benefício deve ser suspenso assim que o trabalhador é registrado, mas é difícil impedir as fraudes.

No Paraná este ano, de janeiro a julho, 300mil pessoas pediram seguro desemprego e foram pagos mais de 800 milhões de reais com o emprego sobrando quem recusar três vagas sem justificativa vai ficar sem o benefício.

A intenção é oferecer para quem veio pedir o seguro desemprego uma  oportunidade de trabalho na hora dessa forma o dinheiro do seguro que tem prazo para terminar o trabalhador sai com uma proposta de salário onde só vai poder recusar quem estiver em tratamento de Saúde ou fazendo um curso.

O que você achou dessa nova exigência do Governo federal? Participe e Dê sua opinião, aqui, Not1

 

Assuntos do Artigo:
  • regras do seguro desemprego 2013
  • regras seguro desemprego 2013
  • recebi seguro desemprego em 2012 posso receber em 2013
  • novas regras do seguro desemprego 2013
  • seguro desemprego 2013
  • seguro desemprego novas regras 2013
  • regras para receber seguro desemprego 2013
  • novas regras seguro desemprego 2013
  • nova lei do seguro desemprego 2013
  • quem tem direito ao seguro desemprego 2013