Educação – Geografia – Not 1

Placas Tectônicas – Teoria da Deriva Continental, Tectonismo e Vulcanismo, Abalos Sísmicos e Terremotos

Confira as relações entre o tectonismo (movimento das placas) e seus efeitos, como o vulcanismo, Orogênese e Epirogênese. Saiba porque ocorrem os terremotos, maremotos e tsunamis e quais as regiões mais suscetíveis a esses fenômenos.

Placas Tectônicas, Deriva Continental, Vulcanismo, Sísmos e Terremotos placas tectonicas movimento vulcoes

Começamos com a Teoria da Deriva Continental, segundo Alfred Wegener os continentes nem sempre foram como na atualidade, no princípio todos estavam unidos na Pangéia. Depois foram se afastando formando a Laurássia e Gondwana, e após milhões de anos chegou ao que é hoje.

Isso se deve ao fato de a crosta terrestre ou Litosfera ser fragmentada e estar em movimento por causa das correntes de Convecção do Magma, nas quais o magma frio desce em direção ao núcleo e o quente sobe. Muitos vestígios comprovam a deriva continental, como a presença de mesmas espécies em diferentes regiões como Brasil e África; encaixe dos continentes e fósseis.

O Vulcanismo e os Abalos Sísmicos ocorrem, em grande parte, nas bordas das placas tectônicas, por causa do choque ou afastamento entre elas. Quando ocorrem no mar são conhecidos como Maremotos e em consequência do deslocamento de massas de água por causa do tremor formam-se ondas gigantes que ao atingir o litoral são os famosos Tsunamis.

Tipos de Placas e Movimentos:

Placas Tectônicas, Deriva Continental, Vulcanismo, Sísmos e Terremotos movimento placas

* Convergente - as placas movem se uma em direção a outra, provocando choques que originam tremores, podem ocorrer zonas de subducção, nas quais uma mergulha sob a outra, gerando a formação de cadeias de montanhas como a Cadeia do Andes e dos Alpes; ou ainda nas colisões continentais, formando grandes sistemas de cadeias de montanhas, como a Cadeia do Himalaia.

* Divergentes - ocorre a movimentação das placas em direções opostas, nestas regiões há formação de novas rochas litosféricas que empurram as antigas, em processo denominado de expansão do assoalho oceânico, estes locais são chamados Dorsais meso-oceânicas pois também formam cadeias montanhosas no fundo dos oceanos.

Transformante - na qual duas porções de uma mesma placa movimentam-se com velocidades diferentes, ocasionando uma falha, como a Falha de San Andreas, na California.

Orogênese e Epirogênese – Diferenças e Relação do Relevo com as Forças internas na Terra

O relevo é formado a partir de fatores internos (endógenos) e externos (exógenos), os internos ou endógenos são provenientes de movimentos tectônicos ou de massas continentais.  Os movimentos tectônicos podem ser denominados de epirogênese e orogênese, de acordo com sua ação na formação do relevo.

* Epirogênese - fenômeno geológico que resulta em movimentos tectônicos no sentido vertical. Caso esse movimento seja para cima, recebe o nome de soerguimento e para baixo, subsidência.

Orogênese - movimento tectônico que ocorre de forma horizontal, e pode ter duas configurações: convergente, quando duas placas se chocam; e divergente, quando duas placas se afastam. A primeira provoca o surgimento de dobramentos e cordilheiras e a segunda responde pela formação das dorsais (cordilheiras submarinas).

 

Gostou das Informações? Tem alguma dúvida sobre o Tectonismo e seus efeitos na Terra? Deixe seu Comentário…

Assuntos do Artigo:
  • fenomenos que resultam do movimento das placas tectonicas
  • movimento da placas tectonicas terremoto e vulcanismo
  • locais suscetíveis a atividades vulcanicas
  • Abalos sísmicos e vulcanismo
  • placas tectonicas vulcanismo e abalos sismicos
  • qual a relaçao entre as placas tectonicas vulcanismo e abalos sismicos
  • explique os processos que originam os tsunamis e as cadeias de montanhas recentes
  • qual o fenomeno natural causado pelo movimento do magma
  • a ocorrencia de vulcanismo e abalos sismicos
  • vulcanismo e à influência do movimento das placas tectônicas desse fenômeno