Educação e Vestibular – História – Not 1

Iluminismo – Características, Pensadores, Teorias e Consequências

Iluminismo   Origens, Características, Pensadores, Teorias e Consequências iluminismo ideias teorias

Na Idade Moderna, a História passou por grandes movimentos Intelectuais, Econômicos, Políticos e Sociais, sendo que hoje vamos explicar um pouco sobre o Iluminismo ou Ilustração. Saiba o contexto, quais as Principais Características, os Filósofos, pensadores e Escritores dessa geração, quais as Teorias e consequências no curso da História e mais informações no Resumo sobre Iluminismo abaixo:

Origens - no final do século XVII, na Inglatera com John Locke no contexto da Revolução Gloriosa de 1688, justificando-a pela razão. Locke é considerado o pai do Iluminismo.

Definição de Iluminismo – trata-se de uma filosofia de origem burguesa, de caráter revolucionário e racionalista (busca esclarecer por meio do saber). A razão é a luz que conduz o homem à verdade do conhecimento. Caracteriza-se pela materialização dos fenômenos e pelo Empirismo (a observação permite a elaboração de uma teoria científica).

Principais Concepções ou Características do Iluminismo

* Racionalismo – ênfase na razão esclarecida pelas Luzes do Conhecimento.

* Naturalismo – crença na perfeição da natureza.

* Liberalismo – reconhecimento da liberdade como direito natural do homem. Essa liberdade seria nos níveis econômico, político e intelectual, o que levou os iluministas a condenar o Absolutismo, o Intervencionismo e a intolerância. Prém a liberdade deveria ser limitada pelos valores morais e respeito aos demais.

* Igualdade perante a lei – a lei não poderia privilegiar alguém com base em seu nascimento ou condição social.

* Anticlericalismo – muitos pensadores e filósofos do período eram teístas, acreditavam em um Deus criador, mas eram contra a Igreja (especialmente a Católica), pois esta apoiava o absolutismo e também se colocava acima da razão.

Pensadores Iluministas

* John Locke (inglês);

* Voltaire (um grande destaque do Iluminismo) – condenava o absolutismo, intolerência e a Igreja, sobretudo os jesuítas.

* Montesquieu – teve grande contribuição para as ideias políticas com sua teoria da Tripartição de poderes (Legislativo, Judiciário e Excecutivo).

* Diderot e d’ Alembert elaboraram a Enciclopédia;

* Rosseau – foi um partidário da democracia. Afirmava que o Estado era o representante da vontade geral, com um ordem estabelecida por um Contrato Social.

Iluminismo   Origens, Características, Pensadores, Teorias e Consequências filosofos e pensadores de teorias iluministas

Pensamentos Econômicos

Em geral combatiam o Mecantilismo, que representava a vertente econômica do Antigo Regime, e defendiam a liberdade econômica: Laissez-faire. O Estado não deveria intervir na economia, a menos que fosse para garantir a propriedade privada e o livre curso das atividades produtivas. Exemplos de teorias Iluministas: Fisiocracia (de Quesnay, Gournay e Tugot) e Liberalismo Clássico (Adam Smith).

Despotismo Esclarecido - surge a partir da metade do século XVIII. Governantes europeus que procuraram aplicar algumas ideias iluministas, sem no entanto abrir mão de seu poder absoluto. Os déspotas esclarecidos rejeitavam as propostas de liberdade política. Exemplos: Marquês de Pombal, ministro de D. José I de Portugal; e Catarina II da Rússia.

Principais Consequências do Iluminismo – Síntese

* Teorias Políticas – contra o Absolutismo;

* Teorias Econômicos – contra o controle de mercado (lei da Oferta e da Procura);

* Teorias Sociais – todos são iguais perante Deus.

Essas teorias influenciaram vários movimentos revolucionários como a Independência dos Estados Unidos, a Revolução Francesa,  as Reformas Pombalinas em Portugal e outras tantas.

**Gostou das Informações sobre o Iluminismo? Deixe sua Dúvida sobre o Tema, Sugestão ou Comentários para o Not 1